Av. Duquesa de Goiás, 716 cj 1A - Real Parque, São Paulo - SP

+55 11 3758-6060

administrativo@paulo-bruna.com.br

Map
Gallery_vista__erea_01pbaa_sem_tarja Gallery_vista__erea_02pbaa_sem_tarja Gallery_vista__erea_03pbaa_sem_tarja Gallery_site-corte_a Gallery_site-corte_b Gallery_site-publi_pla_610 Gallery_site-publi_pla_614 Gallery_site-publi_pla_619 Gallery_site-publi_pla_623 Gallery_site-publi_pla_cob Gallery_site-diagrama_plantas-03

SIRIUS

O projeto batizado com o nome da estrela mais brilhante do céu, Sirius, é o novo acelerador de partículas do Laboratório Nacional de Luz Sincroton (LNLS) e é um marco por ser o maior projeto da história da ciência brasileira. Com um anel de mais de 500 metros de circunferência, instalado em um prédio de 250 metros de diâmetro, a nova máquina será cinco vezes maior e muito mais avançada do que a atual, que será desmontada.
Será a única máquina desse porte e dessa técnologia na América Latina e apenas a segunda no Hemisfério Sul, além de uma na Austrália, e, suas especificações técnicas deverão colocá-la a frente das melhores fontes de luz síncroton do mundo.

Dados técnicos:

Local: Campinas – Polo de Alta Tecnologia II, Distrito Barão Geraldo.
Área: 69.214,43 m²
Projeto: 2014

Equipe técnica:

Autores: Paulo Bruna, Pedro Bruna, Joan Font e Camila Schmidt
Equipe: Dayane Gusso, Paulo Feliz, Luis Rodrigues, Kátia Vieira, Rafael Assunção Santos, Filipe Pujol, Anna Beatriz Barros, Gabriela Sendyk, Rommel Troetsch, Jimmy Liendo, Juliano Barros e Roberto Eidy
Gerenciadora: Engineering
Estrutura: Engeti Consultoria e Engenharia
Fundações: IGR Engenharia
Vibrações – Fundações/Estrutura: LSE
Piso: Monobeton Soluções Tecnológicas
Paisagismo: André Graziano - Licuri Paisagismo, João Ayer
Instalações e HVAC: MHA Engenharia
Terraplanagem e Levantamento Planaltimétrico: HZ Engenharia
Perspectivas: Bruno Lucchese